Porque certos dias urbanos são tão desprovidos da autenticidade e fulgor dos elementos naturais em pleno palpitar que caio na monotonia inquietante do tempo vazio de olhares sagazes que desvendam as narrativas das formas, texturas, cores e luzes das paisagens.
É na integração que está o caminho que anseio percorrer. A natureza e arte num só percurso todo ele moldado pela multiplicidade dos seus desvios, todo ele definido pela paciência.
Esta é uma selecção de imagens que fui recolhendo ao longo dos últimos meses.

"Land-art também conhecida como Earth Art ou Earthwork é o tipo de arte em que o terreno natural, em vez de prover o ambiente para uma obra de arte, é ele próprio trabalhado de modo a integrar-se à obra.

A Land Art surgiu em finais da década de 1960, em parte como consequência de uma insatisfação crescente em face da deliberada monotonia cultural pelas formas simples do minimalismo, em parte como expressão de um desencanto relativo à sofisticada tecnologia da cultura industrial, bem como ao aumento do interesse às questões ligadas à ecologia."









1 comentários:

 
©2009 NÚCLEO DE ARQUITECTURA PAISAGISTA: | by TNB